domingo, 29 de novembro de 2009

O Autismo: A tríade de Lorna Wing

O termo autismo provém da palavra grega Autos que significa "orientação para o eu"…. Mas afinal o que é isto de autismo? O termo é ainda tão desconhecido mas tão utilizado… Hoje em dia, segundo Autism-Europe (2000), crê-se que consiste numa perturbação neuropsiquiátrica que apresenta uma grande variedade de expressões clínicas e resulta de disfunções multifactoriais do desenvolvimento do sistema nervoso central…

O autismo caracteriza-se por um conjunto de características: a "Tríade de Lorna Wing" que consiste em desvios:
  1. Na comunicação:
    • Alterações na compreensão e utilização da comunicação não verbal (expressão facial, entoação, mímica, etc.);
    • Discurso repetitivo, muitas vezes não comunicativo;
    • Repetição automática das palavras e frases do interlocutor (ecolália), muitas vezes fora de contexto, inviabilizando a comunicação.
  2. Na interacção social:
    • Indiferença, isolamento --> muitas vezes parecem muito afectuosos (aproximam-se das pessoas, abraçam-nas, etc.) mas na realidade adoptam estes comportamentos independentemente da pessoa, lugar ou situação…
    • Incapacidade de estabelecer e/ou manter o contacto ocular --> induz ao relacionamento deficiente com o outro, o que implica uma diminuição da capacidade de imitação, crucial para a aprendizagem.
  3. No uso da imaginação:
    • Grande redução da capacidade imaginativa:
      • Actividades estereotipadas e repetitivas que os impedem de interagir adequadamente.
      • Podem constituir aspectos perturbadores para estes indivíduos as mudanças de rotina como a mudança de casa, da disposição dos móveis ou até mesmo do percurso.
      • Não brincam criativamente, chegando a passar horas a explorar um objecto específico. Crianças com inteligência mais desenvolvida podem fixar-se por determinados assuntos invulgares na sua faixa etária como calendários, cálculo de datas, animais pré-históricos…
Esta tríade reúne as características que permitem o diagnóstico do autismo. É importante destacar que o facto de ser autista não implica um défice de inteligência. Apesar de em cerca de 80% dos casos poder estar associado a deficiência/atraso mental, uma criança autista pode também apresentar níveis de inteligência acima da média!

Nenhum comentário: